A Garganta da Serpente
Veneno Crônico crônicas
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Músicas da Sala de Espera do Consultório Médico

(Luciana do Rocio Mallon)

Toda a sala de espera de consultório médico é do mesmo jeito : sofás pelos cantos , mesa de centro repleta de revistas dos anos anteriores , quadros sóbrios e a rádio sempre está ligada numa estação que toca músicas lentas e românticas das décadas passadas . Sempre pensei que salas de esperas de consultórios médicos deveriam estar sintonizadas em estações que tocam melodias alegres e atuais . Mas mudei , totalmente , de idéia na minha última consulta .

Eu tinha acabado de entrar na sala , quando de repente , uma mulher muito bonita e sensual entrou . Naquele momento começou a tocar na rádio a música do cantor Joe Cocker : You Can Live Your Hat On , que é sempre usada em desfiles e em casas de streap - tease . Por isto achei que esta canção tinha algo a ver com aquela linda mulher . Porém , quando a moça tirou seus óculos escuros eu notei que ela era Patrícia , a menina mais bonita e rica do colegial , que a cada final de semana arrumava um namorado diferente e que desprezava as menos desfavorecidas de beleza do colégio . Porém havia algo triste em seus olhos que demonstravam uma profunda solidão e uma inconsolável tristeza . De repente , começou a tocar a música All By My Self de Erik Carmem , cuja a tradução conta a história de uma mulher que era linda e namoradeira na adolescência , mas que ficou abandonada e solitária na velhice . Bem no trecho da canção que diz : All By My Self Any More , notei que uma lágrima caiu do rosto de Patrícia . Após esta melodia , passou a tocar a música do Elton John : Skyline Pigeon , cuja a tradução é Pomba na Linha do Horizonte . Logo me lembrei da palavra vôo e que ela tinha perdido o acento circunflexo na última reforma ortográfica . Para mim este acento era como uma pomba voando no horizonte e entre duas montanhas , que eram as duas letras " os " . Ás vezes eu me sentia este pássaro voando na palavra vôo . Assim a música chegou ao final e naquele momento apareceu um carteiro para entregar as correspondências à secretária do médico . Desta maneira começou a tocar a música Mister Postman , interpretada pela banda The Carpinters , que era uma homenagem aos carteiros . Porém notei , que na revista que eu lia , tinha a seguinte reportagem :

" Profissão de carteiro acabará daqui há 5 anos por causa dos avanços da Internet . "

Então pensei :

- Uma profissão tão maravilhosa como esta não pode acabar !

- Milhares de carteiros ficarão desempregados !

- Esta profissão tão linda inspirou letras de músicas em várias línguas ...

- E um dia eu sonhei em ser carteira . Pois amo fazer serviços externos , e , trabalhando como carteira poderei economizar roupas e aulas de academia . Afinal eles possuem aquele uniforme "fashion" e caminham bastante , o que é um ótimo exercício físico .

Após a melodia Mister Postman , passou a tocar a canção : Open The Door , que fala das portas surpreendentes da vida .

Depois desta reflexão notei que na mesa do centro , havia bolachas Bono no baleiro e peguei uma para despistar a minha fome . Naquele instante começou a tocar a música : With Or Without You , da banda U2 . Logo lembrei - me de uma cena que aconteceu em fevereiro de 2006 : em São Paulo , uma fã do vocalista Bono foi convidada a subir no palco e tascou um beijo no cantor . Assim recordei - me de uma comunidade no site de relacionamentos Orkut chamada : Bono - A Katilce Beijou , Mas Eu Já Comi . Na foto desta comunidade aparecia o biscoito Bono , igual ao que eu saboreava naquela hora .

Naquele segundo o médico chamou Patrícia para a consulta . Alguns minutos depois , estava tocando a música : Show Must Go On , do Queen , cuja a mensagem é que o espetáculo precisa continuar . Então Patrícia abriu a porta e escutou a seguinte frase do doutor :

- A vida continua !

Após isto ele me chamou . Quando saí da consulta notei que estava tocando a música Sad Songs do Elton John , que em sua tradução diz que " há momentos em que todos nós precisamos ouvir o rádio pois dos lábios de algum velho cantor nós podemos compartilhar os problemas que já conhecemos " . Assim refleti :

- Como eu gostaria que Elton John soubesse que isto aconteceu comigo hoje .

- Tomara que continuem sintonizando rádios que tocam músicas de décadas passadas em consultórios médicos .

  • 2552 visitas desde 9/07/2010
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente