A Garganta da Serpente
Veneno Crônico crônicas
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Dia dos Namorados

(Cristiana de Barcellos Passinato)

Para quem já achou seu amor, pouco importa esse marco comercial, no qual nada de amor de fato se comemora.

Se ele vale mesmo para alguma coisa é só para nos lembrar da falta de tempo do nosso dia-a-dia: temos que marcar hora para tudo e para todos, até mesmo para nossos amores, pais, filhos, nesse mundinho globalizado que nos deixa escravos até mesmo dessas datas vis, que nada de verdade trazem em suas mensagens, em seus presentes e em suas pseudo-românticas temáticas.

Para mim, essa coisa de dia dos namorados, é furada.

Para quem ama, todo dia deve ser namoradamente comemorado!

  • 1091 visitas desde 16/02/2009
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente