A Garganta da Serpente

Lilith da Lua Negra

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Sou feita..

de imprevistos....prévios..
de minúcias precisas..
de dores lascivas...
de almas inquietantes..
sou uma mistura de tudo...de nada...
não sou sua meia amiga...nem sua meia amante..
ou sou tudo...ou nada sou...
sou fruto do pecado...
da luxúria...
ao qual todos se entregam...inevitavelmente..
humanos pensantes...humanos praticantes..
sumos humanos...


(Lilith da Lua Negra)


voltar última atualização: 20/05/2010
10279 visitas desde 15/02/2008
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente