A Garganta da Serpente

Ariana Arivielo

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

SONETO DO AMOR À PRIMEIRA VISTA

Quando te vi abri os olhos e tudo o que enxerguei
Foi minha vida vazia como uma casa assombrada
Por fantasmas antigos que me devoravam a alma,
Então você veio e com um sorriso doce me libertou.

E agora não consigo mais fechar meus olhos, apenas
Assisto em silêncio a paixão louca que me consome
E aonde quer que eu vá é você que eu vejo e quero,
Porque não há mais ninguém que pode te substituir...

Desde o primeiro olhar, no primeiro instante foi você
Quem fez meu coração disparar, minhas mãos tremerem,
Meu sistema nervoso entrar em desalinho, quase uma EQM!

Foi mais que amor à primeira vista, foi uma emoção
Que nunca vou esquecer, nem a perfeição do nosso
Primeiro beijo na noite mais perfeita da minha vida...


(Ariana Arivielo)


voltar última atualização: 15/02/2011
10061 visitas desde 03/05/2010

Poemas desta autora:

Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente