A Garganta da Serpente

Ariana Arivielo

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

PAIXÃO

Amo tua voz, tua cor, teu cheiro, tua boca...
Amo quando você olha pro horizonte franzindo
As ruguinhas na tua testa, fazendo uma careta linda
E me encantando, mais que me hipnotizando...

Eu sei que somos aventureiros na paixão,
Mas eu já me prendi no teu sorriso, no teu gosto
E a tua beleza, confesso que me fascina demais,
Mais pela simplicidade do que pela intensidade.

Sei que não deveria sentir o que sinto agora,
Porque só a solidão me faria companhia e sozinha
Não poderei ser feliz, por isso devo me reservar ao silêncio...

E te amar assim, na mais louca paixão, livre e despreocupada
Onde só o momento manda, tuas vontades pelas minhas,
Assim seguir, tendo você, meio tendo, meio não tendo...


(Ariana Arivielo)


voltar última atualização: 15/02/2011
10059 visitas desde 03/05/2010

Poemas desta autora:

Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente