A Garganta da Serpente

Annie Nogueira

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

PORQUE HOJE É QUALQUER DIA

Porque hoje é qualquer dia
a dor não é mais doída, fia
o grito cala, a alma se controla
o pranto sorri, o júbilo corrobora.

Porque hoje é um dia qualquer
a vida está lá fora e me quer
minha alma vagueia amimo
e o tempo já é meu amigo.

Hoje é mais um outro dia-feira
sigo feliz, sem eira nem beira
e na nova paixão dum encontro louco
já me acho, já me vejo, já me ouço.

Hoje é segunda-a-domingo
mais um dia se mostra menino
as lágrimas estão no regaço
e meu corpo no desejo afaço.

Porque hoje é qualquer dia
como foi qualquer outro em que ria
a tristeza não jaz aqui, só há alegria
eis que não sou minha única companhia.

(15/01/2008)

(Annie Nogueira)


voltar última atualização: 08/04/2008
10372 visitas desde 08/04/2008
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente