A Garganta da Serpente

Annie Nogueira

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

NOITES ASSIM

Foi uma noite assim, da mais pura candura
um sorriso, um abraço, uma envergadura
um desejo, um êxtase, uma travessura
um jantar, um vinho, uma mordedura.

Ah, que venham outras noites assim, plenas
uma saudade, uma vontade, terrenas
uma virtude, uma inocência, amenas
uma calma, uma alegria, serenas.

E hoje será outra noite assim, repleta
um empossar, um gozar, entrega
um esquecer, um viver, aquieta
um querer, um sonhar, profeta.

(18.01.08)

(Annie Nogueira)


voltar última atualização: 08/04/2008
10365 visitas desde 08/04/2008
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente