A Garganta da Serpente

André Rondinelli

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

O Livro de Mirdad

No começo pode ser ruim
Para quem tem preguiça de ler.

Mas instantaneamente
No meio ...um barulho de bambu...

Eu já li!
Não mudei!
Sou o mesmo!

Mas o trem é feio.

Veremos...então...
Os verdadeiros corajosos

Na penúltima chance
Sem querer ganhar.


(André Rondinelli)


voltar última atualização: 10/06/2008
7796 visitas desde 04/01/2008

Poemas deste autor:

Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente