A Garganta da Serpente

Andityas Soares de Moura

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

CHANSON

Tudo que restou
         do
             silêncio

                           grande
         foi uma
         açucena
         plantada nestes pés

         lírio ou jasmim
         a espera do
         pólen
         foi proibida
         pelos tiranos

         abracei o
         abismo
         o lago nem sequer
         foi citado em crônicas ...

Por onde andas, saberás

(Poemas do livro "Lentus in Umbra")


(Andityas Soares de Moura)


voltar última atualização: 02/09/2010
12014 visitas desde 01/07/2005
Que tal comprar um livro de Andityas Soares de Moura?


  • Auroras Consurgem

  • Fomeforte

  • Oroboro


Poemas deste autor:

Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente