A Garganta da Serpente

Anderson Christofoletti

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

MAYUMI

À luz de antigas páginas
Um novo verso se revela.

Laço que sabe a esperança
Amor em sua forma mais intensa e bela.

A expansão de um sentimento incondicional
Rompe o universo cotidiano.
Tudo aquilo que procurava por uma fonte e um destino,
Agora, encontra o seu manancial.

Neste momento, em que a força das palavras
Se rende ao toque tênue da natureza,
Uma troca inefável de valores latentes
Se esboça
Um valor imensurável,
Um toque silente
Se expressa.

E a semente que se faz fruto presente
Torna o presente cenário de uma nova vida.
A página que apenas começa a ser escrita
Tornar-se-á uma obra infinda a ser lida.


(Anderson Christofoletti)


voltar última atualização: 23/10/2003
5877 visitas desde 01/07/2005
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente