A Garganta da Serpente

Ana Alice Zanettini

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Havia em meu olhar

Havia um brilho em meu olhar,
a expectativa de um novo dia; a ansiedade da espera;
o momento inesquecível do nosso encontro;
a expectação dos seus abraços, o sabor dos seus beijos;
No seu olhar havia a linguagem do amor.

Naquele nosso encontro havia magia das estrelas,
o romantismo da lua;o perfume das flores
havia um momento de encanto;a transparecia
dos meus sentimentos;havia a sinfonia do canto dos pássaros.
Havia em mim a esperança de amar e viver a eterna felicidade.

Havia alegria, a realização dos meus sonhos;
havia amor em tempo integral.
Havia emoção no meu coração.
Havia você junto de mim, havia compreensão;
havia cumplicidade.

Havia uma luz no final do túnel.
A luz se apagou, a esperança malogrou;
o coração se feriu; restou apenas a saudade;
a ilusão perdida, sonhos desfeitos;
Hoje não existe mais.

(Ana Alice Zanettini)


voltar última atualização: 30/08/2004
6624 visitas desde 01/07/2005
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente