A Garganta da Serpente

Agmael Lima

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

ESPÍRITO ÉBRIO

Há um espírito ébrio
Gritando dentro de cada pessoa.
No íntimo meu
No coração teu
Grita um'alma bêbada
Sedenta de aconchego
Faminta de prazer.
Que lamenta a dor
Geme de horror
Canta
Desencanta
Ama
Reclama.
Dentro de cada pessoa
Há um espírito ébrio
Cantando uma canção desafinada.
Uma voz mal amada
Desequilibrada
Desnaturada.
Por mais que eu negue
Por mais que tu não queiras
Por mais que ignoramos...
Há um espírito ébrio
Gritando dentro de cada um de nós.

(06/11/2007)


(Agmael Lima)


voltar última atualização: 01/03/2008
11816 visitas desde 15/05/2006

Poemas deste autor:

Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente