A Garganta da Serpente

A.C. Santiago

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Tempo companheiro do esquecimento

Vento. sinto frio
Tempo, solidão
Tempo, te esqueço
Vento. Sou frio
Com o tempo de tudo esqueço
Quem amo
Quem não amo
O telefone de casa
Os nomes de quem gosto
Quem não gosto
Um dia não lembro nem esqueço
Com o tempo me esquecem
Sou pó
Tempo, pó, vento


(A.C. Santiago)


voltar última atualização: 17/03/2006
13710 visitas desde 17/03/2006
Copyright © 1999-2020 - A Garganta da Serpente