A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Onirismo clorofilado

(Geraldo Vasconcelos)

Contemplo, ao nível do jardim, as roseiras e outras as plantas bentrepilhas só verdes e as gramíneas todas da cor de Absinto. E dançam voluptuosamente, banhadas pela água da chuva tropical que o céu escarra misturada ao perfume chocolate-estranhoso e agradável da fumaça mentolada albina do meu cachimbo velho.

Nauseado da minha humanidade, agoiro o estado dos fatos para mim e eu corro para abraçar o vaso do corredor. Lá, repugno o que me fizeram ingerir - toda aquela e essa cancerosa massa gosmosa do meu ser que não sou eu -, o que ainda havia de cômico em mim.

Eu vou! Regurgito! E escavo a Realidade! E escarra nesse mundo de mediocridade, pretensão dramática e vil necedade, que vai ante a mim se desfazendo, e abro espaço para as nuvens sem fuligem e fumegantes do turíbulo dos meus sonhos, os mais cinzentos e os arco-íris também.

E na poça d'água, sobre os mosaicos daltônicos, já consigo ver, na confluência das gotas, o delta-nascente dum oceano com meu nome. É uma miudeza... É um presentinho dos céus a este príncipe que sou eu-sem-haveres-nem-servos. É uma porção de pureza sujinha só de Terra, só para mim.

E é nela que todos os dias banhar-me-ei levado pelos braços da Esperança, pisando as gargantas da Ignorância e Indiferença (irmãs-trevas gêmeas da Fatalidade); e em mim arrebentarão só ondas de Amor... Paz!

Trégua, por favor! Me deem uns momentos, poucos me servem, é tudo o que peço, de paz para escrever, por favor. E viver, se possível, todas as possibilidades mais impossíveis desses esverdeamento da Realidade antiaderente. Sim, e o seja antes que acabe a valsa das roseiras do jardim e a dança incestuosa das gramíneas chegue ao fim, sem mais nem menos, para mim.

  • 3154 visitas desde 4/07/2005
menu
Lista dos 2201 contos em ordem alfabética por:
Prenome do autor:
Título do conto:

Últimos contos inseridos:
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com